Tributação de indenizações pagas pela Ford: MSH Advogados obtém importante decisão

Mais uma concessionária assessorada pela MSH Advogados obteve importante decisão na 1ª Vara Federal de Campo Grande, no estado de Mato Grosso do Sul. A Justiça reconheceu o direito de afastar a incidência de tributação de indenizações pagas pela Ford. Esses valores possuem nítida natureza indenizatória, motivada por extinção unilateral do contrato de concessão.

 

Trata-se, portanto, de uma grande vitória do contribuinte. Afinal, o montante não constitui receita, renda ou lucro das empresas, somente servindo à tentativa de amenizar prejuízos irremediáveis.

 

Estes prejuízos foram causados pela extinção forçada de negócios e o encerramento do que, para muitos, significava um projeto de uma vida inteira. O encerramento abrupto levou à perda da fonte de sustento de todas as famílias ali envolvidas e à demissão em massa de empregados.

 

Outras concessionárias por nós assessoradas também conseguiram o reconhecimento desse direito. Foram obtidas sentenças favoráveis na Justiça Federal de São Paulo/SP, Bauru/SP, Campo Grande/MS, sendo estas duas últimas referentes à questão do encerramento da fábrica de caminhões.

 

Já tivemos notícia, além disso, de que a Justiça Federal de Ribeirão Preto/SP admitiu a adequação da não incidência desses tributos federais sobre a tributação de indenizações pagas pela Ford por uma empresa na mesma situação.

 

 

Tributação de indenizações pagas pela Ford foram judicializadas

 

Há duas situações notórias envolvendo a Ford nos últimos anos. Em 2019 ocorreu o encerramento da produção de caminhões em sua fábrica de São Bernardo do Campo/SP, com o consequente término forçado das concessões.

 

Da mesma forma, o fim das operações de manufatura de automóveis nas fábricas de Camaçari/BA e Taubaté/SP, no ano de 2021, com a reestruturação do perfil de negócios até então praticado pela marca. Essa situação levou à extinção diversas unidades de distribuição.

 

Assim, as concessionárias de veículos buscaram amparo do Poder Judiciário para garantir a inexigibilidade da tributação de indenizações pagas pela Ford.

 

No âmbito do TRF da 3ª Região, já houve decisões cujo posicionamento é favorável ao contribuinte. Isso nos demonstra que está se consolidando o entendimento a respeito da matéria, principalmente em razão de que a tributação de mencionadas indenizações não encontra respaldo no sistema jurídico brasileiro. Da mesma forma, representa consentimento ao esvaziamento de suas finalidades.

 

Assim sendo, a MSH coloca toda a sua expertise à disposição, para as devidas orientações aos contribuintes.

 

Por Agenor Getelina Junior, Advogado do Núcleo Jurídico da Machado Schütz & Heck Advogados Associados.

 

Preencha o formulário para obter mais informações

 

     

    Leia também

     

    TRF3 afasta tributação da indenização paga pela Ford

    Assine nossa newsletter

    Rolar para cima