M&A MSH Advogados

M&A: os desafios do mercado no Brasil em 2024

Em um cenário de alta volatilidade, turbulência política, taxa de juros alta (Selic), inflação instável, aumento de gastos públicos, guerras na Europa e Oriente Médio, regulamentação da reforma tributária e aumento da carga tributária com o intuito meramente arrecadatório, abre-se um importante caminho no mercado de M&A no Brasil.

 

Há em curso a consolidação de alguns setores da economia, tais como: educação, tecnologia, biotecnologia, farmacêutico, saúde, energias renováveis, alimentação, turismo e varejo. Em comparação com o ano passado, 2024 já registra um crescimento de 10% a 15%, representando uma retomada gradual e com tendência de crescimento.

 

No entanto, o ambiente que se desenhava para a queda da taxa de juros não vem se concretizando, principalmente pela instabilidade política e inflação norte-americana. Assim, o custo de capital torna-se mais caro para o financiamento de operações de Fusões e Aquisições.

 

Além disso, os custos das empresas vêm aumentando drasticamente como forma de ancorar as expectativas da oferta e da demanda do período pós-pandemia. Essa pressão gera a necessidade de transformação e adaptação de determinados modelos de negócios, o que é fundamental para o sucesso de uma operação de M&A.

 

Em suma, os investidores precisam adaptar-se às novas condições geopolíticas e incertezas econômicas. O foco deve ser na criação de valor estratégico, ciente de um ambiente de financiamento mais hostil.

 

ESG é um diferencial para M&A

 

Um dos pilares que ajudam a fomentar o M&A é o ESG (governança corporativa, social e ambiental). Afinal, o mercado atribui um valor maior para empresas que adotam essas práticas, integrando às operações de M&A a uma conscientização maior da função social e ambiental da empresa.

 

Portanto, criar um bom ambiente de negócios é essencial, considerando que o Brasil assumiu a presidência do G20 e tem se destacado internacionalmente, o que também contribui para um ambiente de negócios mais dinâmico e atrativo.

 

Assessoria jurídica é essencial em operações de M&A

 

Visando mitigar os riscos do cliente, a assessoria jurídica qualificada é de suma importância para a condução do complexo processo de uma operação de M&A. As operações de Fusões e Aquisições envolvem diversas etapas, complexas e de altíssimo risco, que exigem expertise jurídica especializada para garantir a segurança e o sucesso da transação.

 

Todas as etapas são cruciais e possuem suas particularidades: NDA (Non Disclosure Agreement – Acordo de Confidencialidade), MoU (Memorandum of Understanding – Memorando de Entendimento) ou LOI (Letter of Intent – Carta de Intenções), Due Diligence (auditoria) e o SPA (Share Purchase Agreement – contrato definitivo ou principal de compra e venda).

 

Conte conosco

 

O Núcleo Jurídico Societário da Machado Schütz & Heck Advogados está preparado para assessorar e conduzir operações de M&A. Mais do que isso, coloca sua equipe à disposição, a fim de esclarecer dúvidas e garantir a segurança jurídica necessária.

 

Leia também

 

O promissor mercado de fusões e aquisições no Brasil

Picture of Charles Frederico de Almeida Pereira Júnior

Charles Frederico de Almeida Pereira Júnior

Compartilhe este post
LinkedIn
Facebook
WhatsApp

Assine nossa newsletter

Rolar para cima